| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • You already know Dokkio is an AI-powered assistant to organize & manage your digital files & messages. Very soon, Dokkio will support Outlook as well as One Drive. Check it out today!

View
 

Meninos de Rua

Page history last edited by Camila Guo 14 years, 7 months ago

Meninos de rua-trabalho infantil

 

Vídeo "Cidade dos Homens"

 

YouTube plugin error

 

 

 

 

 

 

 

Depois que Acerola e Laranjinha crescem.

YouTube plugin error

 

 

 

Esse meninos de rua sáo muito miseraveis mesmo...como uma comparaçáo,vamos dar uma olhada a outro tipo de crianças...só que este video é engraçado,mas releva alguma coisa,com certeza!!

YouTube plugin error

e tem outra canção sobre o playboy,que são completamente contrário com esses meninos de rua...

YouTube plugin error

 

---Cristiano 刘隆

Comments (24)

Sofia Hur said

at 4:58 pm on Sep 29, 2009

Este video é muito interessante.
Sinto triste quando pivete pensava na rua.
E a comparação entre dois groupos dos meninos - como eles pensaram na cabeça- exprimi este situaçao sobre meninos de rua e meninos da famíla rica muuuito bem!!

Alexia said

at 10:08 pm on Sep 29, 2009

Eu gosto muito da canção q parece hip-hop,e gosto das imagens contrastando a vida diferente dos dois meninos:um da favela,um de uma família rica mas pensa em trabalhar em vez de ser um playboy...Gosto da última frase que os dois meminos dizem, o da família rica diz:eu tenho sonho, outro diz:eu também...o ar é animado e deixa os assistentes sentir q esses dois meninos,mesmo q em situações de vida diferentes , só são os adolescentes amáveis,puros e com sonhos...não posso esperar mais por ver esse filme todo

Alexia said

at 10:42 pm on Sep 29, 2009

Ja tinha visto varias vezes o video mas ainda tem viarias palavras e frases que nao entendi bem - -! A professora Daniela poderia escrever um resume sobre o que as caras na cena falaram?Mas pelo visto,esta cena e como Cidade De Deus,que relflecte aspectos em que se existem diferencas sociais.Contem varias frases que me impressionaram na parte de Rap:so quer ser alguem...e um sonho de criancas criados na favela,mas de qualquer forma,tem o direito de sonhar,mas e dificil de realizar.

Alexia said

at 10:43 pm on Sep 29, 2009

Ja tinha visto varias vezes o video mas ainda tem viarias palavras e frases que nao entendi bem - -! A professora Daniela poderia escrever um resume sobre o que as caras na cena falaram?Mas pelo visto,esta cena e como Cidade De Deus,que relflecte aspectos em que se existem diferencas sociais.Contem varias frases que me impressionaram na parte de Rap:so quer ser alguem...e um sonho de criancas criados na favela,mas de qualquer forma,tem o direito de sonhar,mas e dificil de realizar

Alexia said

at 10:44 pm on Sep 29, 2009

Ja tinha visto varias vezes o video mas ainda tem viarias palavras e frases que nao entendi bem - -! A professora Daniela poderia escrever um resume sobre o que as caras na cena falaram?Mas pelo visto,esta cena e como Cidade De Deus,que relflecte aspectos em que se existem diferencas sociais.Contem varias frases que me impressionaram na parte de Rap:so quer ser alguem...e um sonho de criancas criados na favela,mas de qualquer forma,tem o direito de sonhar,mas e dificil de realizar

Alexia said

at 10:45 pm on Sep 29, 2009

- -! O que se passa...os 3 mesmos comentarios acima foram adicionados pela Beatriz,nao foi Alexia - -!

Yeda said

at 12:48 am on Sep 30, 2009

Esse filme me lembrou de uma entrevista que eu vi no programa brasileiro.O entrevistado foi um negro que viva em RJ,falando sobre a desigualdade social.Ele disse que o pobre pode viver 500 anos para obter o carro e a casa que agora o rico tem.
Isso é a verdade nua e crua.

Hoje em dia,a distancia entre o rico e o pobre está aumentando.Para comprar um par de tenis,para meninos ricos,bastam 2 minutos: pagar e levar.Entretanto,para meninos de rua,precisam trabalhar bastante ou,o que é pior,assaltar para ganhar dinheiro ráido.Mesmo assim,tem meninos vivendo toda a vida sem um par de tenis bom.
No Bairro moinho de ventos,tem muita gente tomando café,conversando e desfrutando da vida.Eles podem gastar 500 reais por uma roupa sem pensar.No outro lado,porém,ao longo do rio Guaiba,as pessoas estão passando fome na rua, sem aonde dormir, expostas a violência morando debaixo de uma ponte.A mairia é crianças.

Quando dois grupos de meninos se encantaram:um são ricos,e o outro são meninos de rua mesmo,nos pensamentos eles estão suspeitando uns aos outros.Com que base eles pensam assim?O estereótipo.Isso é o maior dos coitados.As pessoas admitem a realidade e estão com pouca vondade de mudar.Assim,a distância entre ricos e pobres vai ser alargada mais e mais.O conflito da sociedade e o crime tb podem acontecer.

Amanda said

at 5:58 pm on Sep 30, 2009

Sobre o filme, os meninos mostram os pensamentos deles através das expressões dos ólhos, caras e dos movementos dos corpos em vez de falar uns aos outros diretamente. Embora os meninos não sejam atores profissionais, eles apresentam muito bem! As audiências podem perceber os nervos e as suspeitas.

Sobre o conteúdo, o conflito aparece depois de pouquinha instrução de cada grupo. Um par de tênis, todo mundo quer, só que os meninos de ruas precisam jogar malabares por um ano ou vender um monte de CDs para ganhar dinheiro suficiente quando os meninos ricos somente precisam pagar imediatamente com o dinheiro que a mãe lhe deu de manhã. O que causa isso? A familia da classe diferente. Por causa disso, as crianças vivem a vida bem diferente! Quem tem família rica, pode receber boa educação e pode ter um sonho bem grande! Porém, os meninos pobres só querem ser alguém, só desejam que possam sobreviver. Eles têm pensamentos diferentes que vão causar maior diferença no futuro, na próxima generação. E isso vai se tornar uma má circulação. E a situação vai ser pior e pior.

Miguel said

at 6:52 pm on Sep 30, 2009

DEpois de ver o vídeo,sinto um pouco triste para os meninos da rua e tambem os meninos ricos.Agora no braisl ainda tem conflitos entre os groupos.Os meninos na rua não tem abilidade para comprar um par de tenis e tem medo que os guarda-costas vão lhes bater.E os meninos brancos aham que os negros vão lhes roubar.A despeito de isso é conceber erroneamente,mas já mostrou a desconfiança entre os groupos deferentes.
Na minha opinião,o governo deve trabalhar mais para diminuir o intervalo dos groupos e cirar mais chances do trabalho para os negros e indídios.

Jessica said

at 7:59 pm on Sep 30, 2009

Acho que este clip é super legal!
Eu gosto da perspectiva que dá sobre as duas realidades no Brasil. Os dois grupos de crianças são de mundos tão diferentes, mas eles ainda estão gostando das mesmas coisas e agindo da mesma maneira! Também é uma maneira simples de mostrar a enorme mal-entendidos que acontecem entre os dois principais grupos sociais no Brasil.
A linguagem é tão engraçado neste clipe também! É difícil entender, mas o rap no final é muito bonito!

Eduardo Guo said

at 4:12 pm on Oct 1, 2009

Eu gosto estes tipos de filmes, já vi outro filme que se chama Cidade De Deus. Também é muito legal! Estes films reflectem alguns problemas sociais no Brasil! É disigualdade social! Os pobres sempre moram nas favelas e não tem dinheiros para criar os filhos deles. Então os meninos não têm oportunidades pra receber a educação. Eles dormem ao relento, batem carteiras etc. Mas pra os ricos, eles podem ganhar mais dinheiros e os filhos deles também não precisam preocupar o dinheiro. Eles querem o que gostam, recebem a ótima educação e têm a vida fantástica.
Tem as diferenças sociais são normais para um país, mas tem que diminuir estas diferenças. Pela minha vista, eu acho que o governo do Brasil tem que tomar algumas medidas para resolver este problema, por exemplo, oferece mais trabalhos e oportunidade de estudar para os pobres...Então o Brasil seja mais solidariedade e estabilidade!

Marta Cheng said

at 6:36 pm on Oct 4, 2009

Este video fala sobre tres grupos sociais e compara eles.O menino de class A pode ter qualquer coisa ele goste,enquando class tem que lutar para o que ele quer,e class C só posonhar.Que triste a sociedade foi separada como agora.Ricos,especialmente os que nascem de braço de ouro,não precisam fazer nada e tem tudo.Os pobres não tem chaces para suceder.Este é realidade e ninguem pode mudar.

Sonia lishuang said

at 9:20 pm on Oct 4, 2009

Para mim, esse vídeo é um pouco complicado.Talvez por cuasa das muitas gírias que usam. Mostra um senário das pessoas de classes diferentes. Podemos ver a grande diferença entre as pessoas pobres e ricas. Essa realidade já tem influência muito grande desde a infância das pessoas. Desde criança,eles já podem sentir essa diferença e podem ver a realidade social. Isso é um fato muito triste,acho.
De fato, não gosto muito desse tipo de filme, sempre mostra o lado escuro demais da sociedade. Como na China, também existe diretor famoso que gosta de fazer filme de mostrar as coisas não tão boas em alguns regiões da China para todo mundo. Não posso dizer que esse tipo de filme não é bom ou é errado fazer esse tipo de filme, mas na minha opinião, não pode mostrar coisas em uma maneira de exagerar a realidade que dá outras pessoas que não conhecem bem uma impressão muito negativa. Como antes de chegar o Brasil, nós vemos o filme Cidade de Deus, o que dá-nos um sentimento muito mal e perigoso do Brasil. Mas depois de chegar aqui, sabemos que claro, perigosa existe,mas realmente não é assim,ou posso dizer que não é tudo assim.

Miguel said

at 7:34 pm on Oct 6, 2009

E acho que na china tambem existe os meninos de rua.Eles sempre não te mnada para comer e sem casa.Na minha opinião ,isso é uma problema normal nas paises desemvovimentos.Se os organizações ou governo só daram os dinheiros para os moninos de rua.isso não vai ser funionado e resolver todos os programas.O educação é mais importante do que outras partes.E acho que os oportunidade de educação para todas as raças tem de igual.Então, os crianças nagras vão ter mais chances para trabalhar e ganhar os dinheiros para viver no futuro.

Cecília Wang said

at 11:20 pm on Oct 6, 2009

Acho um pouco triste a assistir ao clip do filme. Porque eu já vi uma circulação na vida dos pivetes, o que faz-lhes continuar e como os pivetes serem influenciados pela reflexão do que faz-lhes isso. Primeiro, o filme mostrou uma cena que quase ninguém abra a sua janela e compre, foi um ambiente desumano para a crescência de meninos em rua. Na outra mão, para os rapazes, que foram afectados por isso muito, estão sempre pensando que estarem numa condição desamigável e por causa disso, não tem nenhuma ideia para melhorá-la, mas só passar dia-a-dia e dar vazão descontente, o que é totalmente inútil.
Então, para ambos lados, as pessoas em carros que têm medo de ser roubados e os pivetes, o questão vale a pena a pensar é enfrentar e tratar juntos não é evitar.

Alex said

at 7:46 am on Oct 7, 2009

é muito interessante para mim. porque na minha cidade, náo existe meminos de rua desse tipo.

CRISTIANO LIU said

at 11:45 pm on Oct 7, 2009

quem pode me contar como se chama aquele tipo de aerobacia que laranjinha faz nas ruas?vlw~

Isabel said

at 6:11 pm on Oct 9, 2009

Penso que essa expicitar a discriminação racial. não percepi no Brasil este programa é tão comum. Eu posso compreender isso, mas não consigo sentir mesmo o que os meninos negros sentem. Eu está tentando avitar ter preconceito de nenhuma maneira, porque é verdadeiramente prejudicial.

Isadora Fantin Gräbin said

at 6:13 pm on Oct 11, 2009

Cristiano, Acerola, amigo de Laranjinha, pratica um tipo de MALABARISMO. Tu poderias pesquisar um pouco sobre o malabarismo e criar uma página falando a respeito se tu te interessares pelo assunto!

Camila Guo said

at 3:20 pm on Oct 13, 2009

Conforme a pesquisa de 2003 do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mesmo que o governo já adotasse tantas medidas eficazes para que o povo possa sentir melhor na vida cotidiana, as desigualdades ainda convivem com os brasileiros. No ano de 2001, comparando com o rendimento das mulheres da raça branca, o dos negros e dos morenos tavam obviamente baixo, até chegou o índice a 30%. Por outro lado, o rendimento dos ricos ficaca cerca de 20 vezes maior do que o dos pobres. E no sudeste, esta tendência ainda tava aumentando.Até hoje,não é difícil encontrar o morador da rua buscando o resto da comida no lixo.

Camila Guo said

at 3:49 pm on Oct 13, 2009

Depois de assistir ao vídeo,eu tinha uma sensação esquisita e misturada.Não sabia o que é que posso falar.
Não há duvida que a condição da vida dos meninos de rua é ruim, entretanto, o que pode faz pessoas sentir melhor é que eles ainda não se impostam muito às preocupações, o único medo que eles têm é que perder a amizade.
Podem ser considerados ingénuos, porém, esse tipo de ingenuidade se tornará na triteza social mais cedo ou mais tarde. Cada um merece o céu, inclusive os meninos de rua, eles devem receber a educação, devem desfrutar a infância como os outros.
Ainda não faço a idéia clara de que como ajudar eles, todavia, sei que a educação é básica. Existe uma frase conhecida nacionalmente na China: não dar o peixe, mas ensinar a pescar. A meu ver, essa é uma boa maneira de aumentar o auto-estima de um menino de rua e de permitir-lhe gostar mais de si mesmo e atrever-se ir mais longe.

CRISTIANO LIU said

at 11:52 pm on Oct 14, 2009

haha,sim,ja pesquisei sobre o malabarismo~~

elisa said

at 1:22 am on Oct 21, 2009

Este filme expoe um foto cruel que o Brasil exite uma grande diferança entre os pobres e os ricos.Depois de assistir este filme,ficava muito triste e pensei muito.Acho que todos os homens são igual quendo nasceu,mas por que os criança quem nasceu na família pobre tem que soferir muito?O Laranjinha deserteu o discrimenaçao mesmo que compre um par de tenis.Ele comer o que as pessoas dexam.Que creul situação!!Espero tem os argencia para ajudar este tipo de criança.

Gabriela Li said

at 8:07 pm on Nov 14, 2009

eu gosto disso filme muito, mas me sinto muito triste e impotente. é um filme que faz me pensar muito. o conflito é muito forte e cruel.
o que me impressiona mais é o esforço que os pobres fazem para viver. nenguem sabe como a vida vai ser antes de acontecer, e para as crianças da fevela, a vida está mais difícil, sem comida, sem bebida, sem roupa, ainda não têem certeza se possem sobreviver na amanhã. mas eles insistem e insistem, fazem qualquer coisa só para sobreviver.
os crianças que não têem problemas financeiros também têem problemas proprios, dinheiro pode trazer facilidade da vida, mas não significa feliz na família. mas comparado com os pobres, os "problemas" parece nada.
quando os jovens juntam na sapataria por o tennis novo, acho que é interessante e promissor, a cena me diz que tudo munto está perseguindo coisas belezas e boas. acho que é a razão que estamos aguentando.

You don't have permission to comment on this page.